soma imoveis minas gerais buy soma online soma de vetores de um paralelepipedo

ambien compared to zolpidem buy ambien ambien sleep stories

xanax and valium equivalent doses diazepam 5mg celexa and valium

phentermine ratings reviews buy adipex online lunesta phentermine

valium maximum dosage per day valium online clonazepam valium xanax

get valium Grand Rapids buy valium online valium czy relanium

soma olay haber buy soma online pac za soma

is it safe to take old valium diazepam 5mg selvmord med valium

versed valium equivalent buy valium valium 5 mg

efecto secundario de tramadol 50mg tramadol 100mg Г¤r tramadol receptfritt

Audiência pública para debater fechamentos das AMAs em Itaquera

Audiência pública para debater fechamentos das AMAs em Itaquera

Audiência pública para debater fechamentos das AMAs em Itaquera

O mandato da vereadora Juliana Cardoso protocolou requerimento na Comissão de Saúde da Câmara Municipal, na sexta-feira, dia 6 de outubro, solicitando realização de audiência pública para debater o Plano de Reestruturação da Saúde e o fechamento de oito AMAs (Assistência Médica Ambulatorial) na região de Itaquera.

A apresentação do requerimento foi motivada pelas informações do secretário Municipal de Saúde, Wilson Pollara, durante debate realizado em setembro no Sindicato dos Médicos de São Paulo quando anunciou a transformação de oito AMAs em Unidades Básicas de Saúde (UBS). O secretário também informou que permanecerão apenas duas AMAs em Itaquera, uma de especialidades e outra de pronto atendimento.

A diferença desses equipamentos é que as AMAs realizam pronto atendimento para casos de baixa complexidade com clinico geral e pediatra, além de exames de sangue e urina. Já nas UBS as consultas têm que ser agendadas

Matérias veiculadas no jornal Agora e na revista Carta Capital confirmam o plano de reestruturação e o fechamento das oito AMAs em Itaquera: Itapema, Jardim Brasília, Cidade Líder 1, Vila Carmosina, Boni 1 e 3, Parada 15 de Novembro e Águia de Haia.

Para a vereadora Juliana Cardoso o plano de reestruturação da gestão Doria é mais abrangente e vai além do fechamento das AMAS. “Os prontos-socorros de hospitais também vão fechar as suas portas, deixando a população sem atendimento de urgência. A justificativa é que o atendimento será realizado pelas UPAs [Unidades de Pronto Atendimento], mas até o momento existem apenas três equipamentos deste tipo construídos na gestão Haddad: Itaquera, Campo Limpo e Vila Santa Catarina”, comenta a vereadora. “E o pior. Dos R$ 124 milhões previstos no orçamento deste ano para construção das UPAs, nenhum centavo foi investido até agora”.

ATO PÚBLICO Diante desse quadro, o Fórum de Saúde da Zona Leste está organizando ato público no dia 23 de outubro (segunda-feira), às 9h, na AMA Itaquera: Rua Américo Salvador Novelli, 265 para defender esse tipo de unidade e protestar contra o fechamento desses equipamentos.

André Kuchar

Related Articles

Close