will i pass a drug test on tramadol tramadol 50mg does tramadol effect drug test

can i take tramadol with amoxicillin buy tramadol online tramadol gastric pain

qual é a soma dos cincuenta primeiros numeros impares soma online aura soma betekenis kleuren

numa pa a soma dos 20 primeiros termos é 500 soma online soma cruz castlevania hd

a soma de tres numeros inteiros consecutivos e igual a 90 buy soma online soma the strokes letra y traduccion

lema del dia mundial del medio ambiente 2011 wikipedia ambien drug how soon can you refill a prescription for ambien

sniffe bl¥ valium buy valium online tramadol and valium bluelight

can dentists prescribe valium in australia buy valium online valium 5mg vs xanax

tramadol mepha tabletten tramadol generic tramadol and acepromazine dogs

can tramadol be mixed with vicodin tramadol 50mg can you drink energy drinks with tramadol

Justificativa de voto - Plano Municipal de Educação

Justificativa de voto – Plano Municipal de Educação

O nosso mandato sempre foi e continuará sendo instrumento da luta.

Todos que conhecem minha trajetória de vida pessoal e política sabem que não fujo da luta, por maior que seja a adversidade a ser enfrentada. Em hipótese alguma me afastarei das nossas bandeiras históricas na luta por uma sociedade menos desigual, mais justa e fraterna.

Hoje, estamos vivendo um momento de imposição de projetos conservadores. Eles estão expressos, por exemplo, na tentativa da redução da idade penal, na intolerância com os direitos das mulheres e da diversidade sexual, além de outros retrocessos assustadores.

O ódio que a mídia dissemina está presente nas redes sociais e contamina parte da sociedade. Jamais nos meus 35 anos de vida, poderia imaginar que estaríamos, em pleno século XXI, enfrentando tanta truculência dos setores conservadores e reacionários, que, sem nenhum pudor, se mostram até saudosistas da ditadura.

Como líder da bancada do PT votei favoravelmente ao Plano Municipal de Educação, primeiro por que o texto aprovado não é o final, pois teremos nova votação no dia 25 de agosto, onde apresentarei emendas para a inclusão das nossas demandas, de acordo com a nossa luta e com a construção que juntas e juntos temos realizado.

Apesar das dificuldades, por conta da posição fechada pela minha bancada, como líder que estou, pude atuar internamente para defender as nossas bandeiras, para garantir que o retrocesso não fosse ainda maior e pior, e para buscar caminhos para acordos e consensos, no sentido de assegurar, de fato, a mínima chance de que emendas pretendidas possam ter possibilidades reais de serem ao menos apresentadas, afinal, para se apresentar uma emenda, é necessária a adesão e assinatura de 19 vereadores, queremos ter chances, não queremos sugerir emendas somente para ‘marcar posição’; Neste sentido, para garantir a continuidade do diálogo e da construção eu preciso ter estratégia política.

Tenho responsabilidade com a questão e com a construção integral deste Plano e a primeira votação não é uma ação isolada. Tenho também que considerar todo o esforço das inúmeras entidades, sindicatos e sociedade civil, que em reuniões, audiências, debates e conferências, desde 2008 estão construindo esta proposta, que somente agora chegou para votação. A recusa integral desta proposta, jogaria para a estaca zero os esforços destes anos de intenso trabalho coletivo, afinal foi aqui na Câmara Municipal, sim foi nesta casa de leis, que foram ‘conquistados’ os absurdos retrocessos.

A mobilização para o dia 25 é decisiva para a tentativa de inclusão do que foi retirado em relação à questões como gênero, diversidade sexual, combate à violência e discriminação e também para impedir que mais retrocessos, que serão propostos através de emendas, não prosperem.

E por tudo isso é que eu digo novamente: O nosso mandato sempre foi e continuará sendo instrumento.

Daiana Costa

Close