best time at night to take ambien buy zolpidem online ambien online overnight delivery

order ambien Des Moines buy ambien kennedy congressman ambien

what type of drug is soma classified as order soma carisoprodol buy Phoenix

mixing citalopram and tramadol buy tramadol online tramadol 50mg 2012

buy zolpidem online Norman buy ambien can you take ambien and clonazepam

dose of ambien cr cheap ambien is ambien safe for diabetics

diazepam tramadol and alcohol order tramadol online overnight easy way to withdraw from tramadol

buy ultram Richmond buy tramadol tramadol erectile dysfunction side effects

untuk apa obat tramadol buy tramadol is it illegal to order tramadol online

las valium myspace valium without prescriptions valium gegen migr¤ne

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO FÓRUM DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE SÃO PAULO DISCUTE A REPRESENTAÇÃO DO MANDATO AO MINISTÉRIO PÚBLICO CONTRA O DECRETO 58.636 DO PREFEITO BRUNO COVAS

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO FÓRUM DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE SÃO PAULO DISCUTE A REPRESENTAÇÃO DO MANDATO AO MINISTÉRIO PÚBLICO CONTRA O DECRETO 58.636 DO PREFEITO BRUNO COVAS

O mandato esteve presente hoje na reunião extraordinária do Fórum da Assistência Social da Cidade de São Paulo reforçando o compromisso com a luta dos e das assistentes sociais do município em defesa da prestação de um serviço de qualidade para a população.


Durante a reunião, pudemos dirimir dúvidas sobre a representação que fizemos no ministério público contra o decreto 58.636 do prefeito Bruno Covas de 21 de fevereiro.

Em nossa representação, denunciamos a ilegalidade do decreto, pois ão respeita a Lei de licitações federal e municipal e, principalmente, o marco regulatório em vigência da Assistência Social, pois não estabelece parâmetros da revisão dos convênios.

O decreto determina cortes que afetarão a qualidade da prestação dos serviços ofertados a população nas áreas da assistência social e saúde. Já encaminhamos junto ao procurador geral do Ministério Público um pedido de reunião para tratar da nossa representação.

Apresentamos também uma moção de repúdio, denunciando a ilegalidade do decreto e exigindo sua revogação imediata. A moção já conta com assinaturas de alguns vereadores da casa que entendem a gravidade da situação e que tem coragem de entrar nessa luta com a gente contra mais essa maldade de Bruno Covas!

Sigamos em luta, companheiras e companheiros!

Mandato Juliana Cardoso

Close