can you mix percocet and ambien buy ambien online how to stop the effects of ambien

which is better for sleep ambien or lunesta buy ambien how to remove ambien coating

valium su uso buy valium online valium online Abilene

side effects of a tramadol overdose tramadol online overnight tramadol 200 mg vs oxycodone

xanax valium high xanax 2mg can u take xanax and lortab together

order diazepam Hawaii buy valium valium 10 roche tabletten testberichte

soma rheumatoid arthritis buy soma soma drug and alcohol

can i give my dog a xanax xanax without prescription how much xanax to sleep on adderall

ambien 10 mg snorted order ambien online buy zolpidem online Louisville

can you take lortab and ambien buy ambien no prescription pemeriksaan udara ambien

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO FÓRUM DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE SÃO PAULO DISCUTE A REPRESENTAÇÃO DO MANDATO AO MINISTÉRIO PÚBLICO CONTRA O DECRETO 58.636 DO PREFEITO BRUNO COVAS

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO FÓRUM DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE SÃO PAULO DISCUTE A REPRESENTAÇÃO DO MANDATO AO MINISTÉRIO PÚBLICO CONTRA O DECRETO 58.636 DO PREFEITO BRUNO COVAS

O mandato esteve presente hoje na reunião extraordinária do Fórum da Assistência Social da Cidade de São Paulo reforçando o compromisso com a luta dos e das assistentes sociais do município em defesa da prestação de um serviço de qualidade para a população.


Durante a reunião, pudemos dirimir dúvidas sobre a representação que fizemos no ministério público contra o decreto 58.636 do prefeito Bruno Covas de 21 de fevereiro.

Em nossa representação, denunciamos a ilegalidade do decreto, pois ão respeita a Lei de licitações federal e municipal e, principalmente, o marco regulatório em vigência da Assistência Social, pois não estabelece parâmetros da revisão dos convênios.

O decreto determina cortes que afetarão a qualidade da prestação dos serviços ofertados a população nas áreas da assistência social e saúde. Já encaminhamos junto ao procurador geral do Ministério Público um pedido de reunião para tratar da nossa representação.

Apresentamos também uma moção de repúdio, denunciando a ilegalidade do decreto e exigindo sua revogação imediata. A moção já conta com assinaturas de alguns vereadores da casa que entendem a gravidade da situação e que tem coragem de entrar nessa luta com a gente contra mais essa maldade de Bruno Covas!

Sigamos em luta, companheiras e companheiros!

Mandato Juliana Cardoso

Close